domingo, 8 de novembro de 2015

Típica família Séc. XXI visitando a avó











sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

O mistério de Hunza





 
Qual é o segredo dos hunza, o povo que não envelhece e vive uma média de 120 anos?
 


 
Sobre o vale do rio Hunza, na fronteira entre a Índia e o Paquistão, reside uma população que as pessoas conhecem como o "oásis da juventude" – e por mais de um motivo: seus habitantes vivem, em média, 120 anos, quase nunca ficam doentes e sua aparência é sempre jovem. Em relação às nações vizinhas, os moradores de Hunza se destacam por terem uma fisionomia semelhante a dos europeus, um idioma próprio (o burushaski, diferente de qualquer outro no mundo) e uma religião (a ismaelita) muito peculiar, parecida com a muçulmana.
 

 
No entanto, o aspeto mais surpreendente dessa pequena nação é sua capacidade extraordinária de se manter sempre jovem e saudável. Seus habitantes tomam banhos imersos em águas geladas a 15 graus abaixo de zero, praticam desporto até os 100 anos de idade, as mulheres de 40 anos têm a aparência de adolescentes e é comum uma mulher dar à luz aos 65 anos. Durante o verão, as pessoas se alimentam de frutas e verduras cruas, enquanto no inverno, consomem damascos secos, grãos germinados e queijo de ovelha.
 

 
Robert McCarrison, um médico escocês, foi o primeiro a analisar e descrever a população do "vale feliz" e destacou o fato de os hunza consumirem uma dieta com restrição de proteínas. Ele comem, diariamente, uma média de 1.900 calorias, incluindo 50 gramas de proteína, 36 gramas de gordura e 365 gramas de carboidrato. E é precisamente essa dieta especial que, na opinião de McCarrison, permite a notável longevidade desse povo. Ao contrário dos países vizinhos, que compartilham a mesma condição climática, mas não possuem a mesma alimentação, os hunza não conhecem as doenças e têm uma expectativa de vida duas vezes maior. Os habitantes de Hunza, todavia, não escondem seu segredo: recomendam abertamente uma dieta vegetariana, trabalhar e se movimentar constantemente. Além disso, acrescentam que, entre muitos outros benefícios, o estilo de vida que levam permite estarem sempre de bom humor, sem tensão nem stresse.
 
 




--
"Prefiro as lágrimas de não ter vencido do que a vergonha de não ter lutado". (Stephanie Whinter)
 

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Nova Exchange de Bitcoins na Suíça


Caros e queridos leitores, quero compartilhar com vocês uma novidade que um amigo me passou.

Ele está abrindo dentro em breve uma plataforma de Exchange Bitcoins na Suíça, e os 500 primeiros usuários vão receber 3 Francos Suíços ao validarem a identidade lá.

Além disso, ele está procurando por pessoas que queiram ser Market Makers na Exchange, para poder ajudar no lançamento.

Caso estejam interessados, é só se inscrever na página http://bigcoin.ch !

Agradeço por compartilhar esta informação com seus amigos que se interessam por Bitcoins.

Abraços!


Bigcoin.ch - The First Bitcoin Exchange in Switzerland, 100% open-source + solvent proof + transparent
Swiss Bitcoin Exchange - Bigcoin.ch

Related Posts Plugin for Blogger...